Situada no Oásis de Tayma, na Arábia Saudita, esta rocha de arenito enigmática - que consiste em duas pedras precisamente divididas equilibradas em um pedestal formado naturalmente - tem encantado os visitantes da região há milhares de anos.

O que o torna tão intrigante é o fato de que a divisão entre as duas pedras é tão perfeitamente reta que parece que deve ter sido criada com ferramentas modernas de corte a laser.

Embora algumas pessoas acreditem que Al Naslaa seja evidência de tecnologia antiga ou de visitantes alienígenas, a maioria dos arqueólogos concorda que a divisão foi causada naturalmente, provavelmente por movimentos tectônicos.

Também é possível que tenha sido formado como resultado de uma atividade vulcânica antiga.

Seja qual for o caso, continua a ser um espetáculo intrigante para quem por acaso o encontrar.

 
});