Um pinguim incomum com coloração única foi fotografado em uma ilha remota perto da Antártica.

O fotógrafo da vida selvagem, Yves Adams, estava visitando a ilha da Geórgia do Sul durante uma expedição ao Atlântico Sul em dezembro de 2019 quando avistou um pinguim com uma coloração nitidamente amarela.

Parte de uma colônia de 120.000 pinguins-reis que habitam a ilha, a ave incomum tinha uma plumagem amarela brilhante - ao contrário do preto e branco típico - assim como um bico branco.

Os cientistas acreditam que ele sofre de uma rara mutação genética conhecida como leucismo.

“Todos pareciam normais, exceto este”, disse Adams.

"Um dos pássaros parecia muito estranho e, quando olhei mais de perto, era amarelo. Todos nós ficamos felizes quando percebemos. Deixamos cair todo o equipamento de segurança e pegamos nossas câmeras."

"Tivemos tanta sorte que o pássaro pousou exatamente onde estávamos. Nossa visão não estava bloqueada por um mar de animais enormes. Normalmente é quase impossível nos mover nesta praia por causa de todos eles."

"Se estivesse a 50 metros de distância, não teríamos conseguido o show da nossa vida."

 
});