No mundo totalmente materialista que nos encontramos, a base da sociedade está sendo construída de acordo com a tendência moderna, demonstrar seus corpos físicos com suas vaidades, seus bens e status social para que outras pessoas admirem está na moda.

 O materialismo desencadeia a ânsia de querer ter mais, vivem buscando a todo custo sentir-se cortejado ou cortejada pela fama, acabam abrindo suas vidas ao público, e não satisfeitos esbanjam seu barco novo, casa nova, telefone do ano ou a viagem dos sonhos etc., saciando seus seguidores nas mais diversas redes da internet, mantendo assim seus egos sempre elevados.

 Este comportamento tem destruído o psicológico de milhares de pessoas, um exemplo clássico é a depressão, o número de jovens e adultos depressivos está crescendo vertiginosamente. Estas empresas com suas redes sociais desenvolvem métodos complexos, detendo estas pessoas sob seus domínios com um forte bombardeio de propagandas obscuras, incitando a comprar sem necessidade e viverem constantemente em intrigas.

  E quando não conseguem aquele tênis do ano, camisa do momento, acabam criando um verdadeiro complexo de inferioridade, desse complexo a bolha depressiva explode, levando a angústia ou até tirando suas vidas. 

"Não acumulem para vocês tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem destroem e onde os ladrões arrombam e furtam. Mas acumulem para vocês tesouros nos céus, onde a traça e a ferrugem não destroem e onde os ladrões não arrombam nem furtam. Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração.”

Mateus 6:19-21

Galgar seus objetivos sem ambicionar e viver distante do que faz mal para o seu corpo é o primeiro passo, desligar estes dispositivos eletrônicos, ser mais social e colocar algumas metas a serem cumpridas ajudará na sua transição do mundo virtual para o real.  

“Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.

Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.

Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.

Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel.

Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia.

Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia.

Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.

Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.

Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação.

Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.

Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.

Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.

Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.

Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome.

Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.

Fartá-lo-ei com longura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação.”

Salmos 91:10

 
});