Meu nome é João Pedro, relato o que aconteceu comigo quando era criança, é um alerta para quem gosta de mexer com forças desconhecidas.

 Na escola houve um tempo que meus amigos e eu começamos por curiosidade a nos envolvermos com brincadeiras um quanto tão estranha em relação a invocar espírito, como toda criança, movida ainda mais pela curiosidade, decidimos nos reunir à noite na varanda de minha casa já que morávamos perto uns dos outros.

 Nós colocamos um copo sobre a folha de papel no chão, nos sentamos ao redor e colocamos os dedos no copo, nada aconteceu. Continuamos chamando os espíritos, lembro que fizemos uma verdadeira algazarra, sim, o copo subitamente se mexeu; entretanto, acreditávamos ter sido causado pelo vento.

 Minutos depois meu amigo começou a ter convulsões e falar numa língua embolada e de repente parou, as pálpebras fechadas e o suspiro ofegante indicava que algo entrara no teu corpo.

 Corri procurando ajuda, e por obra do destino encontrei um pastor conhecido da igreja que minha mãe frequentava, e expulsou o espírito do corpo do meu amigo. Nunca mais nos envolvemos com esse tipo de brincadeira.   

 
});