Medindo três metros de comprimento e pesando cerca de 600 kg, esta grande 'baleia terrestre' viveu há cerca de 43 milhões de anos no que hoje é o deserto ocidental do Egito.

Conhecido como Phiomicetus anubis, tinha um focinho grande e mandíbulas fortes que costumava pegar as presas, enquanto suas quatro patas o ajudavam a nadar, a emergir da água e a caminhar em terra seca.

A primeira baleia semi-aquática conhecida já encontrada no continente, acredita-se que a própria espécie tenha evoluído a partir de animais terrestres semelhantes a cervos ao longo de um período de cerca de 10 milhões de anos.

Os restos fósseis foram descobertos em uma área da bacia do deserto conhecida como Depressão de Fayum.

"Phiomicetus anubis é uma nova espécie de baleia e uma descoberta crítica para a paleontologia egípcia e africana", disse o autor do estudo, Abdullah Gohar.

Acredita-se que as primeiras baleias tenham evoluído há cerca de 50 milhões de anos na Ásia.

[BBC News]
 
});