A polícia de Quintana Roo, no México, recebeu recentemente uma reclamação incomum de uma mulher local que acusou sua vizinha de 23 anos de pendurar a calcinha à vista de todos para seduzir seu marido.

Yuvitza E., de 42 anos, decidiu entrar com uma acusação formal contra sua jovem vizinha “desavergonhada”, acusando-a de violar “os bons costumes e a decência”. Ela disse aos policiais que não era por acaso que sua jovem vizinha sempre lavava suas calcinhas aos sábados, por volta do meio-dia, quando o marido estava em casa.

Yuvitza explicou que ela havia visto várias vezes o marido olhando para a roupa íntima da vizinha e, apesar de pedir à mulher para parar de tentar seduzi-lo, ela continuou provocando.

Yuvitza teria pedido à polícia que prendesse a jovem por falta de moral e decência, mas eles educadamente a informaram que a mulher de 23 anos não havia feito nada ilegal. 

A polícia visitou a esposa desprezada em sua casa e aconselhou-a a evitar futuros conflitos dessa natureza, mantendo um diálogo tanto com a vizinha quanto com o marido. 
 
});