O robô foi capaz de correr 5 quilômetros sem a necessidade de uma corda ou fonte de alimentação externa.

Foi treinado usando o mesmo algoritmo de aprendizado de reforço profundo que a equipe usava anteriormente para instruí-lo sobre como subir escadas sem a necessidade do uso de câmeras.

"Aprendizagem por reforço profundo é um método poderoso em IA que abre habilidades como correr, pular e subir e descer escadas", disse Yesh Godse do Laboratório de Robótica Dinâmica OSU.

Depois que tudo estava pronto, Cassie se soltou nas estradas e caminhos do campus universitário onde conseguiu correr 5km em 53: 03s.

Ele teria sido capaz de fazer isso mais rápido, no entanto, caiu em um ponto após fazer uma curva muito brusca e também foi atrasado por um curto período de tempo depois que seu computador superaqueceu.

Mesmo assim, problemas técnicos à parte, ele demonstra a viabilidade das plataformas de mobilidade robótica e ajudará a pavimentar o caminho para tornar robôs bípedes como este muito mais comuns no futuro.


 
});