Há algum tempo, foi divulgada a informação de que no Canadá a temperatura atingiu índices anormais - 49,6 graus. Especialistas acreditam que o principal motivo do que está acontecendo é a "cúpula térmica" que surgiu em decorrência das mudanças climáticas no planeta. Eles enfatizaram que agora nenhuma das regiões do planeta está imune ao fato de que eventos climáticos anormais podem ocorrer a qualquer momento.

Nos últimos cinco dias, houve quase 200% mais mortes súbitas do que antes. A maioria dos falecidos não tinha parentes ou vivia de forma independente em apartamentos onde não havia ar condicionado ou ventilador. Devido ao calor anormal, não apenas pessoas começaram a morrer, mas também ocorreram muitos incêndios florestais. Por exemplo, 78 incêndios foram registrados na Colúmbia Britânica.

A "cúpula térmica" foi formada devido à presença de alta pressão atmosférica, o ar quente não pode subir acima de um certo nível. Outra razão para seu surgimento, dizem os especialistas, é a diferença de temperatura da água no oceano. É importante destacar que recentemente a "cúpula térmica" tem alto índice de densidade e agora os ciclones não conseguem passar por ela, o que baixaria pelo menos um pouco a temperatura do ar na região.

Michael Evan Mann disse que hoje nenhuma região do planeta está protegida de temperaturas incrivelmente altas. Nesse caso, uma "cúpula térmica" pode se formar em qualquer área e, então, fenômenos ameaçadores do clima ocorrerão várias vezes com mais frequência do que o normal.

[Planeta]

 
});