Cientistas da China compartilharam um plano para lançar um complexo agrupamento de foguetes ao espaço, eles vão usá-lo para mudar a trajetória do conhecido asteroide Bennu e enviá-lo na direção oposta da Terra.

Nos anos 2175 - 2199, Bennu voará para a Terra a uma distância que não excederá 7,5 milhões de quilômetros, o corpo espacial é classificado como um asteroide potencialmente perigoso, a probabilidade de ocorrer uma colisão é de apenas 1 em 2700.

Cientistas chineses usaram simulações de computador e descobriram que se 23 foguetes pesando 900 toneladas cada um atingissem o asteroide ao mesmo tempo, isso ajudaria a mudar a trajetória de Bennu, fazendo voar além da Terra e não causará uma catástrofe terrível.

Mingtao Li disse que o possível impacto do asteroide poderá causar a morte não só da humanidade, mas de toda a vida em nosso planeta. Portanto, é necessário alterar sua trajetória de voo para proteger o planeta de uma colisão catastrófica.

Levará cerca de três anos para os foguetes atingirem a superfície do asteroide. 

"Asteroide do Apocalipse" Bennu é um dos corpos espaciais de carbono e seu diâmetro é de 510 metros e se move a uma velocidade de 12,86 km por segundo. 

[Planeta]

 
});