Os anos de hostilidades no Iraque causaram danos colossais à infraestrutura do país, por exemplo, uma das igrejas mais antigas do mundo desabou.

Zahed diz que a igreja em Ain Tamar foi destruída não apenas por causa da guerra de Saddam Hussein. O fato é que nunca foram realizados trabalhos de restauração aqui para recuperar os objetos históricos e arquitetônicos.  

"Ninguém se preocupa com monumentos." Disse Zahed.

Peregrinos e turistas visitam templos babilônios, assentamentos mesopotâmicos e outros valores históricos todos os anos. Os residentes locais relatam que os turistas estrangeiros mostram mais preocupação e respeito pelos templos antigos do que o governo local. Devido ao coronavírus, há ainda menos turistas. 

A questão do paisagismo também é importante. Plantar novas árvores irá minimizar os danos do vento. Devido à falta de espaços verdes, muitas vezes ocorrem aqui tempestades de vento que destroem os edifícios.

[Planeta]

 
});