Enquanto uns nascem, outros chegam ao seu fim, é um ciclo constante e ininterrupto para todos os seres vivos que habitam o planeta Terra. Nascer, crescer e morrer paulatinamente com tamanha impercepção aos olhos; quando de repente num abrir e fechar dos olhos nada mais existe.

 Seremos ossos desconhecidos esfarelando sob a terra, cinzas espalhadas pelos fortes ventos, voando aos quatros cantos e seguindo as estações do ano. Os sonhos, amizades, conquistas, paixões, desilusões e tristezas, tudo isso é como uma folha seca.

 O conforte verdadeiro está em Deus, o conforto deste mundo são aflições e uma vida sem sentido, façamos tudo de acordo com o querer de Adonai, esta é a verdadeira paz e o real valor de vivermos neste mundo, todos temos um propósito.

 “Assim, quer vocês comam, quer bebam, quer façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.” (Coríntios 10:31)

 
});