Um passageiro do Titanic escreveu isso? Crédito da imagem: Universidade de Quebec em Rimouski

Uma mensagem em uma garrafa encontrada em uma praia no Canadá pode ter vindo do navio malfadado.

Descoberto por uma família de New Brunswick na praia Hopewell Rocks na Baía de Fundy em 2017, o bilhete parece ter sido escrito por uma jovem que estava viajando a bordo do Titanic em 1912.

Datado um dia antes do navio afundar e com a assinatura de Mathilde Lefebvre, diz:

"Estou jogando esta garrafa no mar, no meio do Atlântico. Devemos chegar a Nova York em alguns dias. Se alguém a encontrar, diga à família Lefebvre em Lievin."

Pesquisadores da Universidade de Quebec em Rimouski (UQAR) estão agora tentando determinar se a nota é genuína e se realmente veio de um passageiro que estava a bordo do Titanic.

"A garrafa pode ser o primeiro artefato do Titanic encontrado na costa americana", disse o professor Maxime Gohier. 

"Os descobridores foram recebidos por membros da equipe para documentar a localização e as circunstâncias da descoberta, bem como membros da família Lefebvre que residem em Aix-en-Provence."

Mathilde Lefebvre era uma passageira da terceira classe que viajava para Nova York com a mãe para se juntar ao pai, que já havia viajado para os Estados Unidos com quatro de seus irmãos.

Os pesquisadores não conseguiram confirmar a autenticidade da nota, mas também não encontraram nada que a expusesse como fraudulenta.

“Já podemos confirmar que materialmente, a garrafa e seu conteúdo não são incompatíveis com a data escrita na carta”, disse o professor Manon Savard.

 
});