Meu nome é Ana, o que aconteceu comigo guardo na memória até hoje, morava em uma capital muita agitada, meus pais praticamente não ficavam em casa por causa do trabalho, já era uma adolescente com meus 16 anos. Como eu disse antes meus pais não ficavam em casa especificamente à noite, no sábado havia após a meia noite a sessão de filmes de terror na TV aberta, o ano se não me engano era de 1998.

 Nessa ocasião o filme que estava sendo exibido foi bala de prata, anos depois descobrir que o roteiro é de Stephen King, recomendo o livro a hora do lobisomem que é dele também, voltando ao relato, sentada no sofá com a luzes apagadas assistia esse filme.

 Ao lado do sofá havia uma foto em forma de quadro com o rosto de uma criança com uma flor na cabeça, busquei saber se era alguma famosa atriz, porém confesso que nada descobri. Eu sempre repetia para meu pai tirar aquele quadro da parede porque sentia algo estranho nele. Nessa mesma noite assim que os comerciais pausaram o filme eu fui beber água.

 Ao voltar sem querer encarei o quadro piscando os olhos diretamente na minha direção, corri direto para o quarto me cobrindo com o lençol de tanto medo que senti, deixei a TV ligada a madrugada inteira, assim que meus pais chegaram falei desesperadamente sobre o ocorrido, até minha mãe se amedrontou, o quadro foi jogado no lixo e minha prima ficou dormindo na minha casa por um mês. Ainda tenho muito medo de quadros.

Relato Sobrenatural.

 
});