É assim que Shakespeare realmente se parecia? Crédito da imagem: CC BY-SA 4.0 Sicinius Os

Pesquisadores acreditam que identificaram a representação mais precisa do dramaturgo mundialmente famoso.

Embora os talentos literários de Shakespeare sejam bem conhecidos, um aspecto de sua vida que permaneceu menos claro ao longo dos anos é sua aparência física.

Existem inúmeras representações do próprio homem, que vão desde pinturas e desenhos a esculturas e estátuas, mas nem todas se parecem e os historiadores há muito lutam para determinar qual delas é a mais precisa.

Os dois retratos considerados os mais definitivos foram, na verdade, realizados após sua morte.

Descobriu-se que a efígie encontrada acima de seu túmulo na igreja da Santíssima Trindade em Stratford-upon-Avon pode realmente ser a verdadeira imagem "definitiva" do falecido bardo.

Originalmente considerada um memorial póstumo impreciso, a escultura - outrora descrita como um "açougueiro de porco satisfeito" - é agora considerada como tendo sido encomendada pelo épróprio Shakespeare e feita por alguém que o conheceu pessoalmente.

"É muito provável que Shakespeare tenha encomendado o monumento", disse a professora Lena Cowen Orlin.

"Foi feito por alguém que o conheceu e o viu em vida. Podemos pensar nisso como uma espécie de retrato da vida, um desenho para a morte que dá evidências de uma vida de aprendizado e literatura."

O criador da escultura foi Nicholas Johnson - um fabricante de tumbas.

"Isso é realmente significativo", disse o pesquisador de Shakespeare, Dr. Paul Edmondson. "Podemos, portanto, dizer que é assim que Shakespeare queria ser representado em nossas memórias."

"É uma nova luz convincente sobre sua aparência e como ele operava."

[The Guardian]
 
});