O dispositivo "Juno" registrou algo interessante na atmosfera de Júpiter - uma explosão.

O incidente aconteceu em 10 de abril do ano passado quando o aparelho da NASA voou perto do planeta, foi percebida pelo aparelho do veículo voador que funciona no espectro ultravioleta. O flash mais brilhante durou 17 ms e foi gravado por câmeras.

Os especialistas descobriram que uma enorme bola de fogo com uma temperatura de 9 mil graus Celsius entrou na atmosfera de Júpiter. O aquecimento para tal estado indica que a massa do meteorito era 250-5000 kg.

"Juno" está equipado com tudo o necessário para um estudo detalhado dos eventos cósmicos. Júpiter, a propósito, é o segundo maior corpo do sistema solar, portanto, atrai ativamente os detritos espaciais.

Infelizmente, a espaçonave da NASA observou apenas por um curto período de tempo - apenas 17 milissegundos. O que aconteceu antes e depois do incidente permaneceu um mistério.

Segundo os pesquisadores, o estudo das quedas de meteoritos é uma parte importante do trabalho, pois alteram a composição química dos planetas.

[Planeta]

 
});