Tony Phillips que trabalha para a agência SpaceWeather, disse que não há nuvens mesosféricas sobre a Antártica. Como regra, as primeiras nuvens devem aparecer por volta do final de novembro. Cora Randall diz que os especialistas continuam esperando que elas apareçam no Pólo Sul. Ela também acrescentou que o vórtice polar estratosférico deveria ter desaparecido nesta época. Por causa disso, o vapor d'água não consegue penetrar na alta atmosfera, consequentemente as nuvens noctilucentes não se formarão sem líquido suficiente.

Outras anomalias incluem o fato de que o buraco na camada de ozônio é muito grande para esta época do ano. Nesse caso, os ventos zonais sopram em uma direção completamente diferente. Outros especialistas acrescentaram que o estado da estratosfera agora é mais um indicador de "inverno" do que realmente deveria ser.

[Planeta]

 
});