Pela primeira vez a misteriosa rocha Oumuamua foi avistada em 2017, mas há algum tempo um especialista de Harvard disse que o objeto que tem 400 metros de comprimento, é uma evidência da existência de vida.

A rocha que tem a forma de um charuto e se move a velocidades superiores a 87 quilômetros por segundo, foi originalmente classificada como um asteroide ou cometa. O professor Avi Loye tem certeza de que esta não é uma pedra comum. Ele afirma que esta é uma evidência direta de que existe vida alienígena inteligente. O professor falou sobre isso em seu livro que lançou recentemente.

É importante notar que esta rocha se tornou o primeiro objeto interestelar que os especialistas descobriram em nosso sistema solar. O professor discorda da maioria de seus colegas, que percebem o objeto como nada mais que uma pedra comum, e argumenta que a forma estranha e a maneira como o objeto se moveu durante todo o tempo da observação indicam sua origem estranha. Ele também acrescentou que podem ser destroços que os alienígenas jogaram no espaço sideral. O "asteroide" foi observado por um longo tempo, mas os cientistas ainda não foram capazes de chegar a uma opinião comum.

[Planeta]

 
});