(Imagem: © Kishor Krishnamoorthi / Getty)


Os pacientes foram hospitalizados com sintomas semelhantes aos da epilepsia, incluindo convulsões e perda de consciência, bem como náuseas e vômitos.

Uma doença misteriosa adoeceu centenas de pessoas em uma cidade no sudeste da Índia, de acordo com a imprensa.

No fim de semana, mais de 300 pessoas na cidade de Eluru, localizada no estado de Andhra Pradesh, foram hospitalizadas com sintomas semelhantes aos da epilepsia, incluindo convulsões e perda de consciência, além de náuseas e vômitos, segundo a CNN. Um paciente com esses sintomas morreu de parada cardíaca, mas as autoridades disseram que a morte não parecia relacionada à doença misteriosa.

Embora a infecção por coronavírus esteja disseminada na área, todos esses pacientes apresentaram resultados negativos para COVID-19, de acordo com a CNN. Além disso, os exames de sangue realizados até agora não encontraram evidências de outras infecções virais, como dengue ou chikungunya, informou a CNN.

As autoridades estavam investigando uma série de possíveis culpados pela doença. Inicialmente, as autoridades suspeitaram de contaminação da água, porque todos os pacientes tinham uma fonte de água comum, informou a CNN. No entanto, o Ministro da Saúde do estado de Andhra Pradesh, Alla Kali Krishna Srinivas, disse que os testes descartaram a contaminação da água, bem como a poluição do ar, como causa da doença misteriosa, informou a CBS News. As autoridades ainda realizavam exames de sangue para patógenos como a E. Coli. (As infecções por E. coli podem causar náuseas e vômitos, mas não convulsões.)

Autoridades de vários institutos de saúde indianos, incluindo o Instituto de Ciências Médicas da Índia em Nova Delhi, estão indo para Eluru para ajudar na investigação dos casos, de acordo com a CBS News.

[Livescience]

 
});