Criaturas desconhecidas para a ciência são descobertas sob o gelo da Antártica. | Resumo.


Cientistas que estudam a Antártica ficaram surpresos ao encontrar estranhas criaturas desconhecidas localizadas na parte mais profunda do Oceano Antártico, a uma profundidade de cerca de 5000 metros.

Tentando aprender o máximo possível sobre a Antártica, mais de 1.000 cientistas vivem no continente hoje. Alguns dos projetos visam estudar a vida marinha nas águas que circundam o continente gelado.

Os cientistas estão empenhados no estudo dos ecossistemas, alguns deles permaneceram inexplorados por séculos. Para fazer a varredura no mar os cientistas usaram as melhores tecnologias modernas que foram instaladas no RV Tangaroa.

Quando o resultado da varredura foi obtido, Dave Bowden que lidera o estudo, ficou surpreso com o que viu. Os cientistas receberam imagens de criaturas estranhas muito maiores que não foram ainda catálogadas.

O Oceano Antártico, segundo os cientistas, é um oceano profundo, portanto, estamos falando de uma profundidade de 3 a 5 quilômetros. 

Eles escanearam exatamente aquela parte do Mar de Ross que não havia sido estudada anteriormente, nem mesmo superficialmente.


É importante notar que o Dr. Bowden falou sobre uma das estranhas criaturas que eles conseguiram encontrar em 2012 durante sua última expedição. 

Ele também acrescentou que a diversidade dos habitantes do Mar de Ross não pode ser comparada com outras partes do mundo, porque aqui você pode encontrar indivíduos únicos que não vivem em nenhum outro lugar. No futuro, os cientistas continuarão a vasculhar o fundo do mar em busca de novas criaturas, cuja origem ainda não tem informações.

[Planeta]

 
document.querySelectorAll('img').forEach(function(img) { img.src = img.src.replace('/s72-c','/s1600'); });