22 de mai. de 2020

A polícia, fotografada na floresta ao lado de Stowfield Quarry, na floresta de Dean em Gloucestershire, revistou a área por vários dias procurando evidências.

Phoenix Netts, 28 anos, foi morta em um refúgio de mulheres em Lozells, Birmingham, onde morava há vários meses.

Seu corpo foi encontrado em duas malas na Floresta de Dean, em Gloucestershire na Inglaterra.

A polícia revistou a área na floresta de Dean, Gloucestershire, depois de descobrir um homem e uma mulher carregando malas contendo partes do corpo.

As equipes forenses continuaram analisando a cena pelo sexto dia, concentrando-se em um quarto no primeiro andar da propriedade onde Netts morava.

Os investigadores da cena do crime também foram vistos checando lixeiras, uma bicicleta e o quintal da casa.

Foi relatado que o corpo da vítima foi 'serrado ao meio' e encontrado carbonizado.

Uma jamaicana chamada Gareeca Conita Gordon, 27, foi detida no sábado por causa do assassinato.

Um vizinho disse que cinco mulheres moravam na propriedade, mas apenas viu quatro nas últimas semanas.

Ele disse: 'Havia uma britânica branca morando no quarto da frente no primeiro andar, mas eu não a vejo há semanas.

Ela mantinha a bicicleta trancada do lado de fora da casa. Ela era uma mulher do Caribe. Ela não era gorda, usava óculos do tamanho normal. Ela morava no primeiro andar também.

“Não tínhamos ideia do que havia acontecido até a polícia e a polícia aparecere no dia 13.

- Eles trouxeram sacos e sacos de evidências desde então.

O estranho é que as paredes são finas como papel.

'Se houvesse uma briga, eu teria ouvido.

"Isso é o que está me intrigando."











Com a Informação DailyMail.

0 Comentários :

Postar um comentário