23 de abr. de 2020


Segundo a BRAMON, este é apenas o segundo Gigantic Jet a ser registrado na Paraíba, Brasil.

O evento luminoso transitório recentemente observado foi capturado por uma câmera em João Pessoa, que monitora o céu 24 horas por dia:

O jato gigante se formou sobre uma nuvem de tempestade perto de Caicó, no Rio Grande do Norte, a cerca de 250 km de onde foi registrado.

Evento luminoso transitório.

Os Gigantic Jets são os mais raros dos conhecidos como Eventos Luminosos Transientes (de sigla em inglês, TLEs), que são fenômenos ópticos na atmosfera superior associados às tempestades, como sprites vermelhos, jatos azuis e elfos.

Eventos luminosos transitórios (TLEs). Foto: Franklin Lucena.

Os Gigantic Jets foram documentados pela primeira vez em julho de 2002.

Eles são semelhantes aos sprites vermelhos em forma de cenoura em extensão espacial, mas se propagam para cima a partir do núcleo das tempestades oceânicas e não estão diretamente associados aos raios nuvem-terra.

Eles podem atingir uma altitude de até 90 km.

Os jatos gigantes são tão raros que o primeiro no Brasil foi registrado em 2017 em Taperoá, Brasil.










Com a Informação StrangeSounds.

0 Comentários :

Postar um comentário