18 de mar. de 2020


O estudo constatou que as pessoas do grupo sanguíneo O têm menos risco em comparação com outros tipos sanguíneos

Um estudo realizado por cientistas na China descobriu que aqueles com o grupo sanguíneo A eram os mais propensos a contrair o coronavírus SARS-COV-2, mais conhecido como COVID-19.

Os cientistas compararam o grupo sanguíneo de 2.173 pacientes com COVID-19 de três hospitais de Wuhan e Shenzhen com o de pessoas saudáveis ​​das mesmas regiões da China.

O estudo foi publicado no portal MedRxiv , usado por pesquisadores da área da saúde para compartilhar rapidamente suas conclusões preliminares, que ainda não foram publicadas em uma revista acadêmica ou revisadas por outros cientistas.


Eles também determinaram que aqueles com grupo sanguíneo O têm menor risco em comparação aos grupos A, B e AB.

No grupo de 3.694 “pessoas normais” de Wuhan, 33,84% tinham o grupo 0, 32,16% tinham o grupo A, 24,9% tinham o grupo B e 9,1% o grupo AB.

Enquanto isso, os 1.775 pacientes com COVID-19 em um hospital de Wuhan 37,75% tinham grupo A, 26,42% grupo B, 25,8% grupo O e 10,03% grupo AB.

Dos 206 pacientes que morreram em COV-19 em Wuhan, 85 tinham o grupo A, 63% a mais que os 52 do grupo O, de acordo com o South China Morning Post . O padrão permaneceu assim entre pessoas de diferentes idades e sexo.













Com a Informação Periodicocubano.

0 Comentários :

Postar um comentário