Relógio do Juízo Final: Ajustado para 100 segundos do 'APOCALIPSE'. | Resumo.


Os cientistas atômicos ajustaram seu relógio simbólico do dia do julgamento para 100 segundos da meia-noite, na avaliação de quão próxima a humanidade está do fim.

Está mais próximo do que nunca desde a criação deste relógio em 1947, superando o marco de 2 minutos até a meia-noite dos últimos dois anos, que só havia sido comparada em 1953 quando os Estados Unidos e a União Soviética testaram bombas de hidrogênio.


Para este ano o Boletim afirma que a humanidade continua a enfrentar dois perigos existenciais simultâneos:

A guerra nuclear e as mudanças climáticas, agravadas por um multiplicador de ameaças, uma guerra de informações cibernéticas, comprometem a capacidade de resposta da sociedade.

No campo nuclear, o relatório observa que os líderes nacionais concluíram ou minaram vários tratados e negociações importantes sobre controle de armas no ano passado.

Isso cria um ambiente propício a uma corrida armamentista nuclear renovada a proliferação de armas nucleares e a redução de barreiras à guerra nuclear.

Os conflitos políticos relacionados aos programas nucleares no Irã e na Coréia do Norte permanecem sem solução e de qualquer forma pioram.


A cooperação entre os Estados Unidos e a Rússia no controle e desarmamento de armas é quase inexistente. Antes do "horário" atual, a coisa mais próxima da meia-noite era de 2 minutos em 1953 e em 2018 e 2019.

Por outro lado, reconhece-se que a conscientização pública sobre a crise climática cresceu ao longo de 2019 em grande parte devido a protestos em massa de jovens de todo o mundo.

"Enfim" alertam eles "as ações do governo sobre as mudanças climáticas ainda estão longe de enfrentar o desafio em questão".

"Nas reuniões climáticas da ONU no ano passado, os delegados nacionais fizeram discursos excelentes, mas apresentaram poucos planos concretos para limitar ainda mais as emissões de dióxido de carbono que estão alterando o clima da Terra".

Essa resposta política limitada ocorreu durante um ano em que os efeitos das mudanças climáticas provocadas pelo homem se manifestaram em um dos anos mais quentes registrados, extensos incêndios florestais e o derretimento do gelo glacial mais rápido do que o esperado.

Obs: Muito estranho não mencionar o Vírus Mortal o "Coronavírus" como um dos fatores, ao que me parece não querem gerar mais pânico na população. Acredito sim que este relógio tenha sido adiantado 100 segundo por conta da propagação deste Vírus Mortal  "CORONAVÍRUS"


















Com a Informação Ufos Online.
 
document.querySelectorAll('img').forEach(function(img) { img.src = img.src.replace('/s72-c','/s1600'); });