Astrônomos capturam imagens do Sol de uma forma como você nunca tinha visto antes. | Resumo.


Um telescópio instalado no Havaí, nos Estados Unidos, revelou imagens sem precedentes dos detalhes da superfície turbulenta do Sol
Estas foram as primeiras fotografias obtidas por meio do “Solar Daniel K. Inouye”, que já é considerado o maior telescópio solar do mundo.
O telescópio, que é comandando por cientistas da da National Science Foundation (NSF), mostrou, nesta quarta-feira (29), que a parte mais externa do Sol é coberta por plasma, um gás ionizado formado em altas temperaturas.
Estruturas similares a células, só que cada uma com aproximadamente 695 mil km², apresentam uma cor dourada intensa e são vistas em violentos movimentos.
Um telescópio instalado no Havaí, nos Estados Unidos, revelou imagens sem precedentes dos detalhes da superfície turbulenta do Sol
Estas foram as primeiras fotografias obtidas por meio do “Solar Daniel K. Inouye”, que já é considerado o maior telescópio solar do mundo.
O telescópio, que é comandando por cientistas da da National Science Foundation (NSF), mostrou, nesta quarta-feira (29), que a parte mais externa do Sol é coberta por plasma, um gás ionizado formado em altas temperaturas.
Estruturas similares a células, só que cada uma com aproximadamente 695 mil km², apresentam uma cor dourada intensa e são vistas em violentos movimentos.










Com a Informação Renova Mídia.

 
document.querySelectorAll('img').forEach(function(img) { img.src = img.src.replace('/s72-c','/s1600'); });