novembro 23, 2019
0

Francisco Garcia Escalero, nascido em 24 de maio de 1954 em Madrid, Espanha, é um mendigo espanhol serial killer que matou 11 pessoas entre 1987 e 1994. Além disso, Escalero praticava necrofilia e canibalismo. Escalero foi um garoto doente e estranho que recebeu uma educação deficiente e pobre. Quando era menino ele gostava de passear pelo cemitério. Seu pai o odiava e o batia constantemente. Aos 16 anos, Escalero foi confinado em um hospital psiquiátrico e para "sobreviver" ele cometeu muitos roubos. Ele se masturbava olhando para mulheres casadas e as imaginando nuas. Em 1973, ele ficou confinado em um reformatório após roubar uma moto e foi libertado em 1975, quando cometeu seu primeiro crime grave, quando ele estuprou uma menina com seus amigos. Escalero estuprou a menina na frente de seu namorado. Ele foi preso e condenado a uma pena de 12 anos de prisão. Quando ele foi finalmente solto em 1984, ele estava desempregado e começou sua carreira como mendigo. Ele gostava de beber álcool misturado com comprimidos, por isso, às vezes, ele apresentava um comportamento agressivo violento. Além disso, ele sofria alucinações que o impulsionavam a matar. Perturbado pelas "vozes", Francisco começou sua carreira de assassinatos quando matou a prostituta Paula Martínez, em agosto de 1987. Escalero a decapitou e depois a queimou. Em março de 1988 Escalero matou um mendigo chamado Juan. Escalero o esfaqueou antes de esmagar sua cabeça com uma pedra. Meses depois, outro mendigo foi encontrado morto e carbonizado. Escalero continuou matando muito mais pessoas, praticando atos de necrofilia e canibalismo, assaltando cemitérios e roubando muitos corpos para ter relações sexuais com eles. Em março de 1989, um mendigo chamado Ángel foi encontrado morto, decapitado e sem os dedos. Em maio de 1989, outro mendigo chamado Julio foi encontrado morto esfaqueado, sem o seu pênis e queimado. Em 1994, a polícia foi alertada por um hospital psiquiátrico que dois homens haviam escapado. Os homens eram Francisco Garcia Escalero e seu amigo Víctor Luis Criado. Ambos estavam bêbados. Dois dias depois, a polícia encontrou Victor Luis Criado morto com o seu crânio esmagado e queimado. Durante o inquérito policial, Escalero tentou suicídio na rua, mas apenas fraturou uma perna. No hopital, ele confessou o assassinato e pediu à enfermeira para ser preso. Francisco Garcia Escalero foi finalmente preso em abril de 1994. Escalero foi a julgamento em fevereiro de 1995, mas foi declarado insano com um grave transtorno mental causado por seu alcoolismo e sua esquizofrenia e foi confinado em um hospital psiquiátrico. Hoje ele é considerado uma pessoa perigosa, completamente insano e com uma terrível desordem mental .

0 Comentários :

Postar um comentário