Um italiano de 50 anos foi pego tentando obter um certificado de vacina contra o coronavírus sem realmente receber a injeção, usando um braço falso em vez do seu.

A mídia italiana noticiou o caso de um homem que visitou um centro de vacinação em Biella, noroeste da Itália, na noite de quinta-feira, alegando que queria receber uma dose da vacina Covid-19. 

Tudo correu bem até que a enfermeira pediu ao homem de 50 anos, cujo nome não foi divulgado por motivos de privacidade, que levantasse a manga. Ele revelou apenas parcialmente seu braço, o que a enfermeira achou um pouco estranho, mas ela só teve certeza de que algo estava errado quando tocou sua pele e sentiu que não era exatamente original.

Percebendo que o que ela tocou enquanto se preparava para aplicar a vacina não era pele ou carne humana, a enfermeira pediu ao homem nascido em Biella que descobrisse seu braço completamente, ele tentou esconder o que revelou ser um braço de silicone falso.

 
});