O povo de Shenlongwan, uma aldeia outrora isolada nas montanhas da província chinesa de Shanxi, passou 15 anos escavando rochas com cinzéis e martelos para conectar sua casa ao mundo e escapar da pobreza.

Beneficiando-se de um clima muito favorável, Shenlongwan sempre foi famosa por suas nozes e peras, mas levar sua colheita ao mercado costumava ser um sério desafio para os habitantes locais. Isso porque até o ano 2000, para chegar à sede do condado da cidade de Changzhi, eles tiveram que desviar por oito municípios em três províncias diferentes ou arriscar suas vidas escalando escadas estreitas e perigosas para chegar a uma passagem na montanha íngreme. 

Um dia, os moradores decidiram que as coisas tinham que mudar, e se as autoridades não construíssem uma estrada para sua aldeia, eles teriam que fazer isso sozinhos.

Todas as três estimativas mostraram-se extremamente otimistas, já que não se tratava de uma estrada qualquer. Shenlongwan é cercada por montanhas em todos os lados, então os moradores tiveram que cavar na rocha para conectar sua casa ao resto da China. Armado com ferramentas rudimentares como martelos e cinzéis, esculpir a montanha provou ser extremamente difícil e demorado.

 
});