Segundo relatos, a iminente Lei de Autorização de Defesa Nacional do ano fiscal de 2022 contém uma cláusula solicitando o estabelecimento de um novo escritório permanente dedicado à investigação de fenômenos aéreos não identificados.

Se isso acontecer, será a primeira vez que um esforço de pesquisa de OVNIs com equipe permanente e anteriormente reconhecido foi estabelecido nos Estados Unidos desde o Projeto Livro Azul, que funcionou de 1952-1969.

A redação exata do documento é a seguinte:

"O mais tardar 180 dias após a data de promulgação desta Lei, o Secretário de Defesa, em coordenação com o Diretor de Inteligência Nacional, estabelecerá um escritório dentro do Gabinete do Secretário da Defesa para realizar, em todo o Departamento, a missão atualmente desempenhada pela Força-Tarefa de Fenômeno Aéreo Não Identificado na data da promulgação desta Lei."

O movimento fornece mais evidências de que o governo dos Estados Unidos está levando o fenômeno OVNI a sério e que os poderes instituídos o consideram de interesse suficiente para justificar uma investigação mais aprofundada.

Também representa uma espécie de mudança de atitude, visto que, até há relativamente pouco tempo, não havia nenhum reconhecimento formal de que esses objetos existiam ou estavam sendo ativamente investigados.

Se o novo escritório for implementado, será muito interessante ver o que ele fará.

[The Debrief]
 
});