O telescópio espacial há muito adiado deve finalmente estar indo para o espaço antes do fim do ano.

Por mais de uma década, o telescópio - que fornecerá vistas sem precedentes do cosmos - tem sofrido atrasos após atrasos devido a tudo, desde problemas de construção até a pandemia de coronavírus, deixando muitos se perguntando se ele realmente conseguiria chegar ao espaço.

Tudo parece que o Telescópio Espacial James Webb finalmente estará abrindo caminho para a fronteira final em 18 de dezembro deste ano - quase um quarto de século após o início do desenvolvimento e impressionantes 14 anos da estimativa final de lançamento.

Assim que for lançado, o telescópio será capaz de perscrutar o cosmos e, entre outras coisas, determinar a habitabilidade potencial dos planetas ao redor de estrelas distantes.

De acordo com a NASA, o telescópio está agora em sua configuração final de armazenamento nas instalações da Northrop Grumman em Redondo Beach, Califórnia.

Ele viajará para o espaço a bordo de um foguete Ariane 5 fornecido pela Agência Espacial Europeia.

"Webb é uma missão exemplar que representa o epítome da perseverança", disse o diretor do programa Gregory L. Robinson.

"Estou inspirado por nossa equipe dedicada e nossas parcerias globais que tornaram possível esse esforço incrível. Juntos, superamos obstáculos técnicos ao longo do caminho, bem como desafios durante a pandemia de coronavírus."

"Também sou grato pelo apoio constante do Congresso. Agora que temos um observatório e um foguete prontos para o lançamento, estou ansioso pelo grande dia e pela ciência incrível que está por vir."


[NASA]
 
});