O homem mora há 20 anos em uma pequena caverna, longe de outros povoados e fica no topo de uma enorme colina. Ele soube da notícia sobre Covid-19 em uma loja próxima, que raramente visita.

Panta Petrovich disse que mora em uma caverna há 20 anos e tenta evitar as pessoas. Ele notou que não se sentia à vontade na cidade, então decidiu que a civilização não era para ele. 

Panta partiu para as montanhas há muito tempo, deu quase todas as suas propriedades e dinheiro para a comunidade local. Desde aquela época, ele raramente apareceu em Pirot, que fica nas proximidades.

Apenas 40 mil pessoas vivem na cidade natal de Petrovich, 7 mil moradores da Sérvia morreram em decorrência do coronavírus e, no total, quase 750 mil pessoas foram infectadas em todo o país.

[Planeta]

 
});