Husum Red Pied é uma raça rara de porco doméstico popularmente conhecida como o porco de protesto dinamarquês porque sua razão de viver era imitar a bandeira do país dinamarquês em um momento em que uma bandeira real não podia ser hasteada.

A história do porco de protesto dinamarquês pode ser rastreada até meados do século 19, quando a Dinamarca e a Prússia entraram em guerra pelo controle do sul da Península da Jutlândia. 

Os dois países não conseguiram decidir onde ficava a fronteira entre suas terras, então eles acabaram entrando em guerra. Em 1848, a Dinamarca venceu a guerra e a reivindicação das terras contestadas, mas apenas uma década depois estourou a Segunda Guerra Schleswig, e desta vez a Prússia saiu vitoriosa. 

Nos anos que se seguiram, as autoridades prussianas lançaram uma campanha contra qualquer coisa dinamarquesa, especialmente a bandeira dinamarquesa, que não agradou aos agricultores no disputado território da Jutlândia. Então, eles elaboraram um plano astuto para contornar a proibição.

Os agricultores dinamarqueses que viviam em terras agora reivindicadas pela Prússia ficaram tão incomodados com a regra que os proibia de hastear a bandeira de seu país que criaram um engenhoso programa de cruzamento de porcos criando uma nova raça que se parecesse com a bandeira dinamarquesa - um fundo vermelho coberto por uma grande cruz nórdica branca.


Ninguém sabe realmente quais raças foram usadas para criar o porco de protesto dinamarquês, mas de acordo com a Wikipedia, muitos acreditam que é um cruzamento entre várias raças, provavelmente porcos do pântano holsteiniano e da Jutlândia, porco inglês Tamworth e variantes vermelhas do Angeln Saddleback.

 
});