Cientistas americanos chegaram à conclusão de que a vacinação contra o coronavírus pode se tornar inútil. O vírus sofreu mutação e usa um receptor desconhecido em vez do ACE2 para entrar no corpo humano e ainda não foi totalmente estudado, mas já foi comprovado que as vacinas não funcionam nele.

Existe uma via alternativa de infecção com COVID-19. Descobriu-se que a mutação SARS-Cov-2 (vírus do coronavírus) torna possível infectar células humanas de uma maneira diferente, a pesquisa científica foi publicada na revista Cell Reports.

Todas as vacinas com as quais as pessoas estão sendo vacinadas hoje foram inventadas antes da mutação do coronavírus. A vacina gera células imunológicas no corpo, elas se lembram exatamente de como o vírus entra e, em caso de perigo, atuam, bloqueando-o. Mas um patógeno mutante pode usar um receptor desconhecido para infectar. Existem grandes riscos associados ao fato de que esse fator não foi levado em consideração ao criar a vacina tanto da Pfizer quanto das outras empresas farmacêuticas.

Isso significa que o coronavírus será capaz de contornar os anticorpos no corpo humano. O co-autor da pesquisa Sebla Cutluay confirmou esse fato. Os cientistas agora estão tentando reunir mais informações sobre o receptor desconhecido.

[Planeta]

 
});