Durante a segunda guerra mundial jovens de 16 anos davam suas idades falsas como se já estivesse com 18 anos e, muitos conseguiram se alistar como soldados para lutarem na guerra em confronto contra o eixo do mal, atualmente os jovens estão rebolando a bunda no chão se achando o máximo.

 O ocidente está em uma guerra silenciosa e está perdendo a batalha, a guerra da informação está modelando por completo muitas culturas, países como Rússia, China e muitos outros países do Oriente estão se fechando preservando a masculinidade do homem perante o bombardeio de ideologias que têm surgido. Esses mesmos países, principalmente a Rússia nos anos da ex-União Soviética (URSS), disseminaram contrainformação para os propósitos de propaganda e subversão. Isso foi explicado pelo ex-agente da KGB, Yuri Alexandrovich Bezmenov.

 Essas bandeiras ideológicas e direitos de todos os tipos desenterrando situações do passado é a tática da subversão implantada na década de 70 como diz Bezmenova. Mudar a cultura da família, afeminar os homens como se fosse o novo normal começou em 1970 através de professores e professoras doutrinados pela cartilha soviética. A ex-União Soviética não queria com isso invadir os países, mas desarmá-los, pois sem homens não há guerras.

 A China sabe disso é por essas e outras que o governo se fecha cada vez mais do Ocidente, o que importa para eles é venderem suas bugigangas, a mesma situação se encontra a Rússia. Os russos são extremamente ultraortodoxos, eles conhecem bem a tática, o governo está blindado o seu povo.

 Já os países do Ocidente com suas pseudas-democracias, estão recebendo os resultados da subversão, mais 50 anos com essa doutrinação nas escolas e faculdades a masculinidade dos homens será completamente destruída.

 
});