Não é de hoje que nós, seres humanos, tentamos descobrir a existência de vida em outros planetas. Algo nos diz que não estamos sozinhos no universo, mas não temos provas seguras que garantam isso. O sinal WOW poderia ser uma dessas provas.

 No dia 15 de agosto de 1977, às 23h 16, o radiotelescópio Big Ear recebeu, durante 37 segundos, um sinal de rádio de origem desconhecida, vindo da porção oeste da constelação de Sagitário e em frequência de aproximadamente 1.420 MHz.

 Essas frequências são próprias de um espectro de rádio em que todo tipo de transmissão está proibido por acordo internacional, o que leva a crer que não foi emitida pelo homem na Terra.

 Dias depois, Jerry Ehman, um jovem professor da Universidade de Ohio, analisou os registros no computador e descobriu atônito o sinal anômalo mais intenso já detectado até então por um radiotelescópio. O sinal ficou conhecido como WOW (Uau!!!) por ter sido essa a anotação feita por Ehman na folha contínua.

 Buscou-se por muitos anos a resposta para o enigma, porém todas as teorias foram descartadas. É incrível, mas cientistas acreditam que o sinal foi enviado por uma civilização alienígena com transmissor de alta potência.

 Sendo alienígena ou não, esse sinal permanece um completo mistério, estudos ainda são feitos.

 
});