Para os sádicos guerrilheiros virtuais que permanecem em suas poltronas dia e noite vasculhando a vida alheia para acusar, manipular e denegrir a imagem das pessoas como juízes supremos; a moral é uma palavra desconhecida. Para eles que estão sendo sustentados pelos pais, lutando por causas tolas, inúteis e sem valor, a imoralidade é mais benéfica do que a moral, pois tudo que é errado na visão dos guerrilheiros de boutiques é o certo; o proibido é permitido.

 Esses soberbos, preguiçosos, ufanos e mentirosos nascidos em sua grande maioria no começo do século XXI, profanam a fé do próximo, escancaram sua arrogância na podridão do ateísmo e buscam em textos científicos o infindável para justificar o injustificável.

 

Mais amor e menos ódio


 Nas palavras dos sádicos o mais amor e menos ódio é somente para aqueles que são da laia deles porque se for contra a opinião, está liberado o ódio. Desejam a maldade para o próximo, escancaram seus preconceitos e opiniões preconcebidas por outros membros do grupo martelando até tornar verdade.

 

Pagar para tocar o terror


 Há grupos de marketing organizados, que são pagos para ficar tocando o terror na internet, induzindo os sádicos guerrilheiros virtuais a farejarem como cachorros adestrados um erro; logo em seguida se inicia os ataques.


Quem paga?


 O próprio povo porque 70% desses ataques vem com toda certeza de pessoas ligadas a políticos e partidos.

 
});