Foi-se o tempo quando a juventude realmente respeitava os mais velhos, não respondiam mal educadamente seus professores e com educação levantavam-se dos seus bancos nos ônibus oferecendo para as senhoras e senhores com as idades avançadas que tanto contribuíram no desenvolvimento do país.

 Falam tanto em direitos mas esquecem do básico, a educação para com seu semelhante, uma geração que fica 24 horas do seu dia na internet procurando falhas nos outros sem olhar para suas vidas, demonstra como o futuro da nação será.

 Um futuro sem perspectivas com diplomados que não sabem de nada, fazem suas faculdades simplesmente para ter um pedaço de papel em mãos sem saber respectivamente nada.

 Esquecem que conhecimento se adquire com o tempo, e a educação vem do berço. Vivem amargurados seguindo seus falsos ídolos no calabouço da ilusão. Criam verdadeiras bolhas vivendo nos seus sonhos psicodélicos de falsos arco-íris, acreditando em todo tipo de “ismo”.

 Uma geração loucamente manipulada pelos desejos e costumes fora da natureza humana, vivendo suas sensualidades e depravações sem limites, e ditando as regras como se somente elas e eles existissem.

 
});