Nosso sistema solar pode ter tido pelo menos um planeta adicional. Crédito da imagem:

Cientistas da NASA encontraram evidências que sugerem que um outro mundo já existiu entre Urano e Saturno.

Embora grande parte do esforço envolvido no rastreamento do suposto 'Planeta Nove' tenha se concentrado na exploração dos confins de nosso sistema solar, alguns pesquisadores acreditam que pode ter existido um planeta de tamanho considerável muito mais perto da terra, em algum lugar entre as órbitas de Urano e Saturno.

Este mundo antigo e gelado foi provavelmente ejetado do sistema solar há bilhões de anos.

Para determinar isso, os cientistas criaram milhares de simulações para retroceder o relógio e recriar as órbitas dos planetas - e em particular dos gigantes gasosos - para examinar como eles evoluíram ao longo do tempo.

"Agora sabemos que existem milhares de sistemas planetários apenas na nossa galáxia, a Via Láctea", disse o principal autor do estudo, Matt Clement, do Carnegie Institution for Science.

"Mas acontece que o arranjo dos planetas em nosso próprio sistema solar é altamente incomum, então estamos usando modelos para fazer engenharia reversa e replicar seus processos formativos."

Os pesquisadores também descobriram que as posições de Urano e Netuno foram alteradas pelo Cinturão de Kuiper.

 
});