Uma nova cepa Covid-19 foi encontrada no Reino Unido, o que levantou uma série de questões e preocupações entre os cientistas. O vírus mutante está se espalhando em regiões e o número de infecções está aumentando rapidamente. A mutação é muitas vezes mais contagiosa.

Não há informações de que o novo vírus seja mais perigoso do que as variantes anteriores. A cepa perdeu dois aminoácidos na proteína do pico, que é usada para se ancorar na célula hospedeira. A mutação foi descoberta em um paciente de Cambridge que foi tratado com plasma de convalescença, ou seja, plasma sanguíneo com anticorpos. A mudança no genoma do vírus está provavelmente associada à sua tentativa de "escapar" da morte.

De acordo com os cientistas, todas as vacinas têm como objetivo a produção de anticorpos que absorvem as proteínas do pico de Covid-19. É possível que o coronavírus sofra mutação tão rapidamente que as vacinas se tornem ineficazes. Alterações na proteína de adesão podem fazer com que a cepa evite os anticorpos com sucesso. É difícil prever como os eventos se desenvolverão, mas os cientistas esperam o melhor.

[Planeta]

 
});