A antiga crença egípcia diz que qualquer um que perturbar a paz do falecido governante será punido. A abertura da tumba leva ao infortúnio, à doença e à morte. 

Tutankhamon foi descoberto no Vale dos Reis, o arqueólogo Howard Carter chamou a atenção para a inscrição deixada no túmulo: "A morte nas asas virá para aquele que perturba a paz do Faraó." Se foi uma coincidência, não sabemos, mas depois de 4 meses, Lord Carnarvon, que patrocinou as escavações de Carter, morreu. Também 6 arqueólogos deixaram o mundo.

Não muito tempo atrás, os cientistas descobriram o túmulo do sacerdote Vakhtye em Sakkara, que serviu durante a Quinta Dinastia de Neferirkar. Durante as escavações, os especialistas encontraram uma mina cheia de gatos mumificados. Segundo os historiadores, este túmulo é dedicado à deusa gato egípcio Bastet.

Ahmed Mansour, integrante da equipe arqueológica, disse que fenômenos estranhos começaram a acontecer após a descida para a mina. 

A tumba do gato foi descoberta em Bubasteum, um complexo de templos construído em homenagem a Bastet. Os egípcios no passado sacrificaram gatos ativamente para apaziguar a deusa.

Nenhum dos arqueólogos morreram até agora, mas coisas estranhas continuam a acontecer. Alguns acreditam que esta é a maldição do faraó, enquanto outros procuram uma explicação razoável para toda uma série de problemas.

[Planeta]

 
});