Pesquisadores acreditam que os corvos podem ser uma das poucas espécies não humanas a possuir uma forma de autoconsciência. | Resumo.


Os membros da família corvidae, que inclui corvelos, corvos e gaios, são conhecidos por possuir um nível notável de inteligência com a capacidade de lembrar rostos humanos, resolver quebra-cabeças, navegar em ambientes complexos e até mesmo realizar funerais para seus próprios mortos.

Agora, de acordo com um novo estudo, esses pássaros incrivelmente inteligentes podem realmente possuir uma forma de consciência vista apenas em humanos e em alguns primatas selecionados.

Em outras palavras, eles podem estar cientes de suas próprias percepções sensoriais.

Para determinar isso, pesquisadores chefiados pelo psicólogo animal Andreas Nieder, da Universidade de Tübingen, na Alemanha, realizaram experimentos que envolviam o monitoramento da atividade cerebral de corvos enquanto os expunha a vários estímulos visuais.

O estudo exigia que os pássaros bicassem uma luz colorida ao ver uma figura em uma tela.

De particular interesse foi o fato de que as respostas dos pássaros sugeriram a presença de alguma forma de processo mental secundário indicativo de um nível mais alto de consciência.

Isso foi evidenciado pela maneira como os pássaros responderam às figuras que eram muito mais fracas na tela.

"Espera-se que as células nervosas que representam a entrada visual sem componentes subjetivos respondam da mesma forma a um estímulo visual de intensidade constante", disse Nieder.

"Nossos resultados, no entanto, mostram conclusivamente que as células nervosas em níveis de processamento mais elevados do cérebro do corvo são influenciadas pela experiência subjetiva, ou mais precisamente produzem experiências subjetivas."

 
document.querySelectorAll('img').forEach(function(img) { img.src = img.src.replace('/s72-c','/s1600'); });