De acordo com Khaled Al-Anani - Ministro do Turismo e Antiguidades do Egito - é muito provável que haja ainda mais caixões enterrados no poço, apenas esperando para serem descobertos.

A própria Saqqara serviu como necrópole de Memphis - a capital do antigo Egito - e contém corpos enterrados por um longo período de mais de 3.000 anos.

Nem todos eram nobres - alguns eram indivíduos da classe média e trabalhadora.

Quando os caixões recém-descobertos serem abertos, espera-se que quaisquer bens encontrados dentro dos túmulos ajudem a revelar mais sobre quem eram esses indivíduos, bem como sua posição na sociedade egípcia.

Mais atualizações sobre a descoberta são esperadas nas próximas semanas.

 
});