A biosfera da Terra está em um estado de "Quase Morte". | Resumo.


A biosfera do planeta foi analisada por cientistas do World Wildlife Fund, com um  cronograma escolhido entre 1970 à 2016. A biodiversidade implica o nível de complexidade da biosfera, sua resistência a fatores externos e riqueza, o relatório saiu com muitas estatísticas assustadoras.

75% do território do planeta, que não está sob o gelo antigo, sofreu mudanças significativas. 

Não existem mares e oceanos limpos no mundo: absolutamente todos estão poluídos em diferentes níveis e profundidades. Cada quinta espécie de planta e cada terceira espécie de animal de água doce está morrendo lentamente.

O número de vertebrados, que inclui aves, peixes, mamíferos, etc., diminuiu 68%. É impossível contar absolutamente todas as espécies, então os cientistas deixaram de contar as bactérias e os moluscos.

A biosfera é a que mais sofre com a agricultura. 

Um terço do território do planeta foi dedicado aos campos, 80% das florestas foram derrubadas e o homem consome 70% dos recursos de água doce. 

Classificação dos problemas: 

57,9% - destruição radical dos habitats dos animais, 

19,7% - influência humana na biosfera (caça, pesca, caça furtiva), 

10,9% - doenças, 

7,5% - poluição e 4 % - das Alterações Climáticas.

Nos últimos anos, a economia da humanidade cresceu 4 vezes, o comércio internacional - 10 vezes, a população - 2 vezes, a expectativa de vida aumentou 15 anos. Para atingir esses resultados, foram utilizados 56% a mais de recursos. É difícil imaginar o que o futuro reserva para a humanidade.

[Planeta]

 
document.querySelectorAll('img').forEach(function(img) { img.src = img.src.replace('/s72-c','/s1600'); });