"The Bye Bye Man" Realmente foi baseada em uma história real? | Resumo.

Interpretação de Doug Jones como o Bye Bye Man no  filme. Baseado em History vs Hollywood

A história de Bye Bye Man vem de um conto feito por Robert Damon Schneck, que foi originalmente publicado nos Estados Unidos no ano de 2005.

Como tudo começou?

De acordo com Schneck na noite do Diabo que é anterior a noite do Halloween. Eli, um amigo próximo o convidou a uma festa em sua casa para contar histórias paranormais que aconteceram com eles.

Eli contou a história dos seus encontros com Bye Bye Man no ano de 1990, quando era estudante de graduação em Sun Prairie.

Será que o Bye Bye Man a história verdadeira envolvem três amigos?

Sim

Como no filme, o conto encontrado no livro de Robert Damon Schneck aconteceu supostamente com seu amigo Eli, um estudante de pós-graduação em Wisconsin que morava com sua namorada Katherine e um amigo chamado Jonathan.

Para o filme, o nome de Katherine foi alterado para Sasha. O autor afirma ter conseguido a autorização de todos os três indivíduos para o filme, embora ele diga que Katherine e Jonathan não queriam nada com o filme.

A história verdadeira envolveu um tabuleiro Ouija?

Sim

De acordo com a história, alguém encontrou um velho tabuleiro Ouija em um sótão e o deu aos três amigos que moravam juntos. 

Os amigos começaram a realizar experimentos com o quadro e, depois de acreditarem que haviam se comunicado com vários espíritos, fizeram um esforço para entrar em contato com um espírito que realmente havia vivido. Após algumas sessões, acabaram por entrar em contato com o  Bye Bye Man. 

Os três amigos, Eli, Katherine e Jonathan, foram informados pelo quadro que o espírito do Bye Bye Man havia se apegado a eles e que ele os procurava.

Supostamente quem era o verdadeiro Bye Bye Man?

Segundo o autor, o Bye Bye Man era um albino cego nascido na Louisiana em algum momento da década de 1920. Seus pais o colocaram em um orfanato em Argel, Nova Orleans. Evitado por muitos, o garoto acabou escapando do orfanato e se voltou para o assassinato. 

Saltando de trem e viajando como um vagabundo para se locomover, ele foi acompanhado por seu companheiro chamado Gloom Singer, uma espécie de criatura canina com a língua e os olhos costurados. De alguma forma, ele conseguiu dar vida à criatura. 

Quando o verdadeiro Bye Bye Man matava alguém, ele supostamente acrescentava os olhos e a língua a uma bolsa que carregava chamada Saco de Gore. É claro que é nesse ponto que a história começa a parecer um conto alto e sangrento, em vez de algo que poderia ser baseado na realidade.

No filme, a história do Bye Bye Man é similar a um adolescente que disse a um repórter que ele matou sua família porque "o Bye Bye Man me fez fazer isso". O repórter, por estar investigando e pensando no Bye Bye Man, é levado mais tarde a um assassinato em massa depois que o Bye Bye Man vem buscá-lo. Um dos três amigos em idade universitária do filme então descobre o Bye Bye Man da viúva do falecido repórter.

De acordo com a história, o Bye Bye Man veio para aqueles que pensavam nele ou falavam seu nome?

Sim

De acordo com a suposta história verdadeira de Bye Bye Man, transmitida pelo autor Robert Damon Schneck como no filme, a verdadeiro paranormalidade se concentrou em qualquer um que pensasse ou falasse seu nome.

Fazer isso transformou a mente de uma pessoa em uma espécie de farol psíquico que chamava o Bye Bye Man. 

Ele então andava na direção deles. Quando ele chegava perto o suficiente, enviava sua criatura grotesca conhecida como Gloom Singer para localizar a pessoa. 

Uma vez encontrados, Gloom Singer soltava um assobio estridente para chamar o Bye Bye Man. No filme, sons de um trem e o aparecimento de moedas ou um grande cão sem pele precedem a chegada do Bye Bye Man.

Existe um triângulo amoroso na verdadeira história do Bye Bye Man?

Sim 

Mas na suposta história verdadeira, Eli e sua namorada Katherine terminaram primeiro, e logo após o término, ela começa a namorar seu amigo e ex-colega de quarto Jonathan. No filme, Elliot (Douglas Smith) suspeita que sua namorada Sasha (Cressida Bonas) o esteja traindo com John (Lucien Laviscount).

As mortes e a violência no filme são baseadas na suposta história verdadeira?

Não

Não surpreende que o filme exagere na matança. Na pequena história contada pelo autor Schneck, ninguém é atropelado por um trem ou um carro, e os três amigos não se matam. É contado como mais uma história estranha do que um horror total.

Existe alguma evidência factual para apoiar a alegação de que The Bye Bye Man é baseado em uma história verdadeira?

Não

É impossível provar a história de Robert Damon Schneck, "Que ouviu de um amigo", pois não há evidências factuais para apoiar as alegações do autor. Claro, isso não significa que os fãs de terror não o achem agradável, pois às vezes é divertido imaginar que o bicho-papão é real. Como a história de Slender Man, de Eric Knudsen, que se originou como um meme da Internet em 2009, acredita-se que a história do Bye Bye Man seja uma lenda urbana que começou com o conto de Robert Damon Schneck em 2005. A história foi posteriormente divulgada em fóruns da web, em programas de rádio noturnos, e recontada entre os fãs do paranormal.

O autor Robert Damon Schneck afirma que verificou a história?

Não

"Eu pesquisei e não consegui verificar nada da história", diz Schneck, do conto Bye Bye Man, que ele diz ter sido contado a ele por um amigo.

Quem interpreta o Bye Bye Man no filme?

The Bye Bye Man é interpretado pelo ator Doug Jones. O ator de 6 '3½ "retratou personagens mascarados semelhantes, tendo interpretado anteriormente um dos Cavalheiros em um episódio de Buffy, a Caçadora de Vampiros , Abe Sapien em Hellboy (2004). Ator multi-talentoso também tem experiência em atuar como mímico e contorcionista.

 
document.querySelectorAll('img').forEach(function(img) { img.src = img.src.replace('/s72-c','/s1600'); });