O terceiro selo do Apocalipse, o cavaleiro no cavalo preto e a balança da injustiça. | Resumo.


A injustiça no mundo vem desde os primórdios antigos, crescendo junto com a maldade humana, Impérios usavam da força para submeter seu povo a leis absurdas, Reis usaram de seus púlpitos saboreando a luxúria enquanto o povo morriam de fome, perseguições religiosas, dentre tantos absurdos que estão escritos nos livros de história.

Nada se compara a esse século, presenciamos a abertura total do terceiro selo do Apocalipse, para se ter uma ideia as Nações Unidas fez um alerta que por ano são jogadas fora 1,3 bilhões de toneladas de alimentos, enquanto 9,1 milhões de pessoas morrem de fome a cada ano.

Outro dado triste é que milhões de pessoas vivem abaixo da linha da pobreza, e uma parcela de 1% da população mundial detém mais 50% de toda riqueza do mundo.

A balança da injustiça como está no Apocalipse representa também como ditas autoridades têm usado dos aparelhos hierárquicos para difundir inverdades, perseguições e censurar qualquer um que ousa denunciar as injustiças cometidas, usando a democracia ou qualquer outro tipo de ideologia como pano de fundo para suas arbitrariedades.

A sagrada escritura está se cumprindo, não há como duvidar, o cerco está se fechando com a tendência das perseguições intensificarem com o passar do tempo, revelando claramente que o selo está quebrado.

 
document.querySelectorAll('img').forEach(function(img) { img.src = img.src.replace('/s72-c','/s1600'); });