Nas Ilhas Faroé, as pessoas matam brutalmente 250 baleias e 35 golfinhos. | Resumo.


A criatura mais perigosa do planeta é o homem, só ele pode organizar uma caçada massiva de animais apenas por diversão. Um ritual que se assemelha a um filme de terror ocorreu nas Ilhas Faroé.

Em um instante, o mar assumiu uma tonalidade vermelha, os habitantes locais se uniram para destruir 252 baleias e 35 golfinhos. 

A tradição em si já tem 1000 anos. É assustador imaginar quantos animais foram mortos esse tempo todo.


Essa tradição altamente controversa ocorre após a primeira caçada do ano. As baleias estavam nadando calmamente na costa da Islândia quando os animais humanos as cercaram e começaram a matá-las. O assassinato ocorreu na vila de Khvalbe, localizada nas ilhas entre a Noruega e a Islândia.


Baleias indefesas foram rasgadas em pedaços pelas pessoas. Suas carcaças cortadas "cobriram" a praia inteira em Tórshavn. 

Todos os anos, os conservacionistas levantam a questão de matar os animais, mas até agora ninguém proibiu o ritual. As baleias continuam sendo brutalmente mortas por diversão.

Existem muitas imagens sangrentas do evento na Web. Para os residentes locais, o que está acontecendo é algo comum, enquanto para o resto do mundo é fora do comum e intolerável.

[Planeta.]