Um cometa gigante descoberto em 2017 ainda está se aproximando da Terra. | Resumo.

Hubble avistou o cometa K2 quando este estava entre as órbitas de Saturno e Urano.

NASA, ESA e A. Feild (STScI)

Foi um período movimentado, mas um tanto decepcionante para a observação de cometas, com o Cometa Atlas e o Cometa Swan voando pelo sistema solar interno sem apresentar o espetacular show que muitos esperavam. 

Mas alguns astrônomos estão de olho em um cometa gigante que está caminhando em nossa direção que vai nos visitar em 2022. 

O cometa C /2017 K2 foi descoberto pela primeira vez em 2017 e fotografado pelo Telescópio Espacial Hubble

Ele foi manchete dos jornais na época, pois era o mais distante do sol que um cometa já havia sido visto exibindo sua cauda elegante. 

"Essas observações representam os primeiros sinais de atividade já vistos de um cometa entrando na zona planetária do sistema solar pela primeira vez",  observou a NASA  em comunicado na época.  


Três anos depois, o cometa K2 ainda está caminhando em nossa direção, a caminho de um encontro próximo com o sol, em dezembro de 2022. O astrônomo Con Stoitsis observou o cometa nos dias 23 e 24 de maio e o descreveu como "gigante" e "muito ativo e brilhante", apesar de ainda estar a quase 930 milhões de milhas (1,5 bilhão de quilômetros) do sol.

Algumas comparações já foram feitas com o cometa gigante Hale Bopp que voou em 1997 e é considerado um dos cometas mais brilhantes e mais amplamente observados dos tempos modernos. No entanto, ainda é muito cedo para saber se o K2 é realmente do tamanho semelhante ou se ele brilhará tanto quanto o Hale Bopp. 

Independentemente disso, os cientistas estudarão a bola de neve espacial com crescente interesse e pintarão uma imagem mais completa de nosso visitante iminente nos próximos meses. 







Com a Informação CNET.

 
document.querySelectorAll('img').forEach(function(img) { img.src = img.src.replace('/s72-c','/s1600'); });