1 de abr. de 2020


Um novo estudo realizado por cientistas chineses mostrou que pessoas curadas do coronavírus podem continuar a espalhar o vírus. A esse respeito, os cientistas pedem uma extensão da quarentena para aqueles que recebem alta dos hospitais.

Cerca de metade das pessoas que tiveram coronavírus leve continuou infectando outras pessoas depois que os médicos as reconheceram como saudáveis. Como se viu, partículas de vírus são armazenadas na orofaringe.

Os pacientes não apresentaram mais sintomas, mas continuaram infectando as pessoas por cerca de uma semana. As pessoas que tiveram a doença de forma mais grave permanecem contagiosas por mais de uma semana.

Assim, um problema global está se formando, relacionado ao fato de que o número de pessoas infectadas aumentará a cada dia. Os cientistas pediram às autoridades e médicos que estendessem o isolamento dos pacientes por duas semanas, mesmo depois que o coronavírus não for detectado no sangue.

Também é assustador que existam muitas pessoas doentes que não apresentam nenhum sintoma. Eles podem infectar centenas de pessoas sem nem perceber.










Com a Informação Planeta.

0 Comentários :

Postar um comentário