Grande asteroíde passará próximo a órbita da terra em 29 de abril de 2020. | Resumo.


Um asteroide estimado entre 1,7 quilômetro de comprimento e 4,1 quilômetro de largura passará sobre a Terra. Mais não é esperado que se choque com o nosso planeta, felizmente.

Se caso acontecesse uma colisão, o asteroide é "suficientemente grande para causar efeitos globais", disse a NASA.

O asteroide se chama 52768 (1998 OR2) e foi visto pela primeira vez em 1999. 

Passará a 6,9 milhões de quilômetros do planeta Terra, se movendo a mais de 31,000 quilômetros por hora.

Espera-se que o sobrevôo ocorra na quarta-feira 29 de abril deste ano de 2020 as 04h56min da manhã.

Segundo o Centro de Estudos de Objetos Próximos a Terra da NASA, que rastreia corpos ou elementos que poderiam se chocar com a terra. 

O asteroide foi classificado como um objeto potencialmente perigoso porque passará próximo da órbita da Terra, mas atualmente não se encontra na lista de possíveis eventos futuros de impacto da Terra.

Esses são monitorados pelo Sistema Sentry da NASA, "um sistema de monitoramento de colisões de asteroides mais atual em busca de possibilidades de impactos futuros com a Terra nos próximos 100 anos".

O maior asteroide que já passou sobre o nosso planeta foi o 3122 Florence (1981 ET3), que sobrevoou nosso planeta em 1 de setembro de 2017.

Passará novamente em 2 de setembro de 2057. Se estima que esse asteroide tenha 2,5 quilômetros de comprimento e quase 9 quilômetros de altura.

Conhecer o tamanho e a órbita de um asteroide é a batalha principal, já que isso permite a previsão de objetos próximos a Terra. Esse ano, o Observatório Vera C. Rubin está na linha e permitirá o descobrimento de dezenas de milhares de asteroides em órbitas que poderia se aproximar da Terra, disse Ed Lu, diretor executivo do Instituto de Asteroides e ex-astronauta da NASA.



















Com a Informação CNN.
 
document.querySelectorAll('img').forEach(function(img) { img.src = img.src.replace('/s72-c','/s1600'); });