2 de mar. de 2020


A cada cem anos parece haver um grande surto de pandemia, Praga de 1720, 1820 de cólera e gripe espanhola de 1920. 

As pandemias mencionadas acima parecem seguir o mesmo padrão da epidemia viral na China.

O ano de 1720:

Em 1720, houve a última pandemia de peste bubônica em larga escala, também chamada de A Grande Praga de Marselha . Os registros mostram que a bactéria matou cerca de 100.000 pessoas em Marselha.

Supõe-se que a bactéria tenha se espalhado por moscas infectadas com esta bactéria.

O ano de 1820:


As primeiras infeções de uma pandemia de cólera ocorreram em 1820, realizada na Ásia, na Tailândia, Indonésia e Filipinas. No ano de 1820, são registradas mais de 100.000 mortes na Ásia causadas por esta bactéria. 

A pandemia começou com as pessoas que bebiam água de lagos contaminados.

O ano de 1920:


A gripe espanhola ocorreu há 100 anos, na época as pessoas estavam lidando com o vírus da gripe H1N1, que havia sofrido uma mutação genética, tornando-o muito mais perigoso que o vírus normal. Esse vírus infectou 500 milhões de pessoas e matou mais de 100 milhões de pessoas em todo o mundo. Essa pandemia foi a mais mortal da história.

O ano de 2020:

Parece que a história se repete a cada 100 anos, isso é apenas uma coincidência? 
Atualmente, a China enfrenta uma pandemia de grandes proporções. Cinco cidades da China com uma população de 11 milhões de habitantes estão em quarentena, completamente isoladas do resto do mundo.

O vírus que a China está enfrentando já matou 774 pessoas até agora apesar dos esforços do governo e de outras instituições para colocar cidades inteiras em quarentena, parece que o vírus se espalhou além das fronteiras da China.







Com a informação knowledgetime.

0 Comentários :

Postar um comentário