A Verdadeira História de Siddartha Gautama - O conhecido mestre Buda. | Resumo.


Siddhārtha Gautama (Sánscrito/Devanagari: सिद्धार्थ गौतम Siddhārtha Gautama, c. 563/480 – c. 483/400 a.C.) ou Siddhattha Gotama en Pali, mais conhecido como Buda Gautama, o Buda Sakiamuni ("Sábio dos Sakias") o simplesmente o Buda, foi um asceta (sramana) eremita, acharya, filósofo, e sábio, em cujos aprendizagens fundou o budismo.
Sidharta Gautama o Buda nasceu na já desaparecida república Sakia no alto do Himalaia.
Buda ensinou principalmente no noroeste da Índia.
Siddharta nasceu no reino de Kapilavastu, no norte da Índia (Atualmente Nepal), na dinastia dos Sakhyas. Era filho do rei Sudodhama e a rainha Maya Devi.
Segundo o costume, Suddhodana chamou a um sábio para que veja a seu filho "Sinais super naturais  indicam que esse recém nascido será um grande asceta ou se converterá em um grande rei", lhe disse o vidente.



a-verdadeira-historia-de-siddartha-gautama-o-buda


Ao escutar essas palavras, Suddhadana decidiu resguardar seu filho do mundo exterior e o confinou dentro do palácio, onde o rodeou  de prazeres e riquezas, então aconteceu o inevitável. A pesar dos esforços de seu pai, Gautama um dia saiu do palácio.
Devido a certas interpretações erradas muito comum, deve enfatizar que o Buda Gautama não é um deus nem o único nem primeiro Buda. Isso somente foi afirmado pelo mesmo Siddharta Gautama, mais também na cosmologia budista há essa distinção ao afirmar que unicamente os humanos (mais não se limita a essa humanidade em particular) podem conseguir o estado de Buda, pois nisso reside o maior potencial para a iluminação.
O Buda ensinou o caminho médio entre a complacência sensual e o ascetismo estrito (praticado no movimento Sramana) comum nessa região da Índia. Mais adiante ensinaria ao longo das regiões do leste dessa nação, tais como Magadja e Kosala.
É a figura central do budismo, e seus relatos, discursos e regras monásticas são crenças budistas que, depois de sua morte, foram resumidas. A palavra Buda pode ser traduzida como "o desperto" ou "o iluminado". Buda também é usado como titulo que se lhe dá o primeiro despertar de uma era. Na maioria das tradições budistas Sidarta Gautama é considerado como o Buda supremo (na escritura davanagari: सम्यक्सम्बोधि. Representação para o Sânscrito: samyaksambodhi  e em pali: sammāsambodhi de nossa era.
  

O SIDDARTHA GAUTAMA - O BUDA HISTÓRICO


As datas de seu nascimento e morte são incertas. A maioria dos historiadores dos princípios do século XX d.C datava sua existência entre o 563 e 483 a.C, mas em opiniões mais recentes da data de sua morte entre o 486 e 483 a.C. 
E segundos outros entre 411 e 400 a.C. Porém, em um simpósio que sobre este tema teve lugar em 1988, a maioria dos que representaram suas opiniões definitivas deram como datas um período de vinte anos, como a data aproximada da morte do Buda,
Não obstante, essas cronologias alternativas da morte de Buda. 

a-verdadeira-historia-do-buda


Não obstante, essas cronologias alternativas ainda não têm foram aceita por todos os historiadores. O descobrimento em Lumbini é um possível santuário budista, o templo Maya Devi, que data aproximadamente dos 550 a.C, poderia fazer que a data do nascimento do Buda retrocedesse ainda mais.
Não encontraram registros feitos em vida do Buda Gautama, nem escritos realizados poucos séculos mais tarde depois de sua morte.
Os tetos budistas de Gandhara são os manuscritos budistas mais antigos que chegaram até nossos dias, escritos entre os séculos I e III antes de Cristo e encontrados próximo de Hadda, próxima a Jalabad, no leste de Afeganistão. Atualmente se conservam na Biblioteca Britânica. Foram escritos caracteres karosti, no idioma gandjari e em vinte e sete rolos da corte de abedul.


FATOS DA VIDA DO SIDDARTHA GAUTMAA - O BUDA


a-origem-do-buda


Quando o Buda Gautama saiu do palácio para conhecer o mundo que ele não conhecia, ele viu quatro coisas que mudaram sua vida para sempre; um ancião, uma pessoa doente, um morto e um renunciado. Ao saber que as primeiras três não eram visões estranhas mais que o destino inevitável de todos os seres humanos, Siddartha se comoveu profundamente.
Aos trinta anos decidiu renunciar ao luxo da vida do palácio para encontrar a resposta ao problema da dor e do sofrimento humano.
Se perto de sua esposa e de seu filho que estavam dormindo e se despediu deles em silêncio. Posteriormente, os dois foram seus discípulos.
Siddhartha levou a cabo várias práticas espirituais para realizar seu verdadeiro Ser. Primeiro se encontrou com quatro ascetas que praticavam suas disciplinas com muita intensidade.
Decidiu se unir a eles e levar uma vida de renúncia extrema nos bosques.

qual-a-origem-do-buda


Mais logo chegou a paz e a auto-ealização, mais também que simplesmente debilitada a mente e o corpo. Daqui provêm outro dos pontos centrais dos ensinamentos e do budismo: 
o caminho médio. De sua experiência no palácio e nos bosques, Buda conclui que o caminho não está nem no extremo dos prazeres sensuais nem das austeridades e nas penitências.
Depois de setes anos da busca, decide sentar-se na meditação com a inquebrável determinação de não se mover até ter compreendido e realizado na verdadeira natureza do Ser.
Enquanto estava na meditação profunda baixo de uma figueira conhecida como a árvore de Bodhi (árvore de sabedoria), Gautama experimentou o grau mais alto da consciência chamado Nirvana.
Em suas próprias palavras "A realidade que vem a mim é profunda  e difícil de ver ou entender porque está mais além do pensamento".
A partir de sua iluminação Siddartha Gautama foi conhecido como Buda, "o iluminado". 

a-religião-budista

Ao começar seus ensinos, logo teve muito discípulos na Índia já que a maioria hindu ficou separada pelo brahmanismo ritualista.
Buda proclamou sua mensagem durante 45 anos e estabeleceu sua comunidade de discípulos ou Sangha. 
Siddartha Gautama morreu aos oitenta naos na lua cheia de maio. Nesse dia é o mais sagrado para os budistas, já que nele não somente nasceu e morreu Buda, mais também obteve sua iluminação.










Com a Informação UUBR.
 
document.querySelectorAll('img').forEach(function(img) { img.src = img.src.replace('/s72-c','/s1600'); });